Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Poeta, Poeta


Poeta


... Poeta que cantas a vida, 
animas a trajetória, 
por curvas que demarcas.
... Semeando flores pelos caminhos.
... E neste trilhar lânguido,
"Passo-a-passo", na ida
Sem rimas, sem temas,
Sem rumos, sem externar
O peso das dores.

Poeta,
Poeta que simulas o sorrir ...
Que iludes a noite, o sol e a lua,
Poetando a alegria, sabes fingir,
Mesmo quando, pela face tua,
O pranto tenta emergir ...

Ah ! Poeta
Poeta o que seria
O mundo, sem a tua ilusória e imortal alegria ?
Tornar-se-ia a terra vazia.
As veias sem sangue,
O corpo sem vida,
A atmosfera densa e sombria ...

Poeta, Poeta, és vida !
Porque a tudo vida dás.
Sem ti, Poeta, o que seria ?
O mundo sem chuva ficaria !
O rio sem água,
Sem exibir
O seu serpentear ...
Não haveria o bailar
Do líquido cristalino 
Correndo, rumo ao mar .

Ficaria ...
... a ciência sem gênio,
O ar sem oxigênio !
... E tudo morreria !
Poeta ! Poeta ...

Ilka Bosse
ilka.bosse@terra.com.br
Formatação:- Diná V. Rosa
vrdina@hotmail.com

Felicidades !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário