Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz Livro Novo



 "Feliz Livro Novo"

Quando 2011 começou, ele era todo seu.

Foi colocado em suas mãos...

Você podia fazer dele o que quisesse...

Era como um livro em branco, e nele você podia colocar um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma oração.

Podia...

Hoje já não pode mais, já não é seu.

É um livro já escrito...

Concluído.

Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e você não poderá corrigí-lo.

Estará fora de seu alcance.

Portanto, antes que 2011 termine, reflita, tome seu velho livro e o folheie com cuidado.

Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência,
faça o exercício de ler a você mesmo.

Leia tudo...

Aprecie aquelas páginas de sua vida em que você usou seu melhor estilo.

Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.

Não, não tente arrancá-las.

Seria inútil.

Já estão escretas. 

Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue. 

Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.

Para escrever o seu novo livro, você contará novament com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.

Se tiver vontade de beijar seu velho  livro, beije-o.

Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador.

Não importa como esteja...

Ainda que tenha páginas ruins, entregue e diga apenas duas palavras:-
- Obrigada,
- Perdão!!!

E, quando 2012 chegar, lhe será entregue outro livro:-
- novo, 
- limpo, 
- em branco, 
- todo seu,
- no qual você irá escrever o que desejar...


Feliz Livro Novo!!!

Conhecimento Inato - Nós já nascemos sabendo!

"Conhecimento Inato 
Nós já nascemos sabendo!"

Desde que o chamado "espírito humano", discutido por milênios pelos filósofos, foi varrido para debaixo do tapete pela ciência moderna, os pesquisadores têm-se debatido com essa dúvida cruel.

Afinal, como explicar as diferenças de conhecimento e as habilidades inatas de cada pessoa?

A explicação clássica da ciência moderna é a chamada "tabula rasa":-
- todos os humanos nasceríamos como uma folha em branco, na qual nossos conhecimentos, talentos e inclinações seriam escritas a partir das nossas experiências e vivências.

Essa idéia moveu mais de um sistema ditatorial, na tentativa de "educar" as crianças de um país segundo os devaneios dos próprios ditadores.

Sem contar o bom-senso, tanto esses "experimentos políticos" em larga escala, quanto os experimentos de laboratório, contradizem frontalmente o princípio da "folha em branco". 

Tanto que os cientistas têm retornado para algo absolutamente metafísico:-
- o chamado "conhecimento pré-experiência", um tipo de conhecimento que o ser humano adquiriria, de alguma forma não compreendida, antes mesmo de ter qualquer experiência.

Conhecimento inato
Agora, neurocientistas do Projeto Cérebro Azul, um gigantesco projeto de pesquisas europeu que está tentando reproduzir o cérebro humano em um computador, afirmam ter descoberto provas do chamado "conhecimento inato".

O grupo descobriu que os neurônios fazem conexões independentemente da experiência de uma pessoa.

Tem sido aceito há bastante tempo que os circuitos neuronais se formam e se reforçam por meio da experiência, um fenômeno conhecido como plasticidade sináptica. 
Mas o Dr. Henry Markram e seus colegas agora anunciaram "evidências radicalmente novas", segundo eles, de que esta pode não ser a história toda.
O grupo demonstrou que pequenos conjuntos de neurônios piramidais no neocórtex se interconectam de acordo com regras relativamente simples e "imutáveis".

Blocos de conhecimento
Os aglomerados neuronais agora descobertos contêm, em média, 50 neurônios. 
Os cientistas os veem como blocos básicos de conhecimento, que contêm em si mesmos um tipo de conhecimento fundamental e inato - por exemplo, representações de regras básicas de funcionamento do mundo físico. 
O conhecimento adquirido - nossa memória - envolveria sempre a combinação desses blocos construtores fundamentais, reunidos para formar um nível mais alto do sistema.

"Isto pode explicar porque todos nós compartilhamos percepções similares da realidade física, enquanto nossas memórias refletem nossa experiência individual," diz Markram.

Segundo os pesquisadores, os princípios que governam a formação desses microcircuitos inatos é incrivelmente simples.
Basicamente, quando dois neurônios estão simultaneamente conectados a um terceiro neurônio vizinho, a probabilidade de que eles também estejam interconectados é maior do que a média. 
Com base nessa observação, o grupo construiu um modelo estatístico de ocorrência dessas interconexões, que pode ser usado para estudar os fundamentos do cérebro.

Conhecimento pré-experiência
Quando os cientistas testaram os circuitos neuronais de diferentes ratos, todos apresentavam características similares. 
Ora, se os circuitos tivessem sido formados unicamente das experiências vividas pelos diferentes animais - como sugere a ideia da folha em branco - esses circuitos deveriam divergir significativamente uns dos outros. 
Desta forma, concluem, a conectividade neuronal deve de alguma forma ter sido programada anteriormente à experiência.

"Desde John Lock, há cerca de 400 anos, as pesquisas sobre como o cérebro aprende e se lembra têm sido guiadas pela crença de que nós começamos como uma folha em branco e então imprimimos nela memórias de cada nova experiência. 
A ideia de que a memória é como um Lego formado por blocos fundamentais de conhecimento abre uma porta inteiramente nova de pesquisas," afirma Markram.

Ressurreição do espírito?
A simulação do cérebro, e as tentativas de construção de cérebros artificiais estão agora, pela primeira vez, permitindo que os cientistas abordem diretamente a hipótese da "tabula rasa", passando da crença para os experimentos diretos. 
E esses primeiros resultados discordam da ideia que tem permeado a ciência durante todos esses séculos:-
- de que o homem é uma folha em branco na qual qualquer rabisco só é feito depois que ele tem consciência.

Não há dúvidas de que o conhecimento, no sentido mais usual do termo, o que inclui ler e escrever, reconhecer os amigos ou aprender um novo idioma, resultam de nossa experiência.
Mas a equipe do Cérebro Azul demonstrou que uma porção do nosso conhecimento básico, em suas representações mais fundamentais, pode vir escrito de fábrica.
Contudo, não será ainda a ressurreição do espírito, no sentido adotado pelos filósofos - os cientistas preferem dizer que o conhecimento está inscrito nos genes que dirigem a formação biológica do nosso corpo.

Mas a aceitação de um "conhecimento inato", pré-experiência, representa um avanço considerável para a desmistificação da crença na tábula rasa.


Referência:-
New evidence for innate knowledge

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Nós sabemos que:-

Os dias são demasiado atarefados,

As horas passam depressa,  

Os segundos são escassos,

mas há sempre tempo de enviar um e-mail ...

Desejando...
... Um ANO NOVO, repleto de realizações!
...Acompanhado sempre das RICAS BÊNÇÃOS
DE DEUS!!!
... e um milhão de coisas boas pra você nesse ano que inicia...
Um Feliz e Próspero 2012 !!!
 "SEJA   IMENSAMENTE   FELIZ !!!"




Recebido por e-mail da Amiga Regynna Paula



Prece de Gratidão



"Prece de Gratidão"

Senhor, muito obrigado, pelo que me deste, pelo que me dás!

Pelo ar, pelo pão, pela paz!

Muito obrigado, pela beleza que meus olhos vêem no altar da natureza.

Olhos que contemplam o céu cor de anil, e se detém na terra verde, salpicada de flores em tonalidades mil!

Pela minha faculdade de ver, pelos cegos eu quero interceder, por aqueles que vivem na escuridão e tropeçam na multidão, por eles eu oro e a Ti imploro comiseração, pois eu sei que depois dessa lida, numa outra vida, eles enxergarão!

Senhor, muito obrigado pelos ouvidos meus.

Ouvidos que ouvem o tamborilar da chuva no telheiro, a melodia do vento nos ramos do salgueiro, a dor e as lágrimas que escorrem no rosto do mundo inteiro.

Ouvidos que ouvem a música do povo, que desce do morro na praça a cantar.

A melodia dos imortais que a gente ouve uma vez e não se esquece nunca mais.

Diante de minha capacidade de ouvir, pelos surdos eu te quero pedir, pois eu sei, que depois desta dor, no teu reino de amor, eles voltarão a ouvir!

Muito obrigado Senhor, pela minha voz!

Mas também pela voz que canta, que ensina, que consola.

Pela voz que com emoção, profere uma sentida oração!

Pela minha capacidade de falar, pelos mudos eu Te quero rogar, pois eu sei que depois desta dor, no teu reino de amor, eles também cantarão!

Muito obrigado Senhor, pelas minhas mãos, mas também pelas mãos que aram, que semeiam, que agasalham.

Mãos de caridade, de solidariedade. 

Mãos que apertam mãos.

Mãos de poesias, de cirurgias, de sinfonias, de psicografias, mãos que numa noite fria, cuida ou lava louça numa pia.

Mãos que a beira de uma sepultura, abraça alguém com ternura, num momento de amargura.

 Mãos que no seio, agasalham o filho de um corpo alheio, sem receio.

E meus pés que me levam a caminhar, sem reclamar.

Porque eu vejo na Terra amputados, deformados, aleijados...

e eu posso bailar!!...

Por eles eu oro, e a ti imploro, porque eu sei que depois dessa expiação, numa outra situação, eles também bailarão.

Por fim Senhor, muito obrigado pelo meu lar!

Pois é tão maravilhoso ter um lar...

Não importa se este lar é uma mansão, um ninho, uma casa no caminho, um bangalô, seja lá o que for!

O importante é que dentro dele exista a presença da harmonia e do amor!

O amor de mãe, de pai, de irmão, de uma companheira...

De alguém que nos dê a mão, nem que seja a presença de um cão, porque é tão doloroso viver na solidão!

Mas se eu ninguém tiver, nem um teto para me agasalhar, uma cama para eu deitar, um ombro para eu chorar, ou alguém para desabafar..., 

- não reclamarei, 

- não lastimarei,

-nem blasfemarei.

Porque eu tenho a Ti!

Então muito obrigado porque eu nasci!

E pelo teu amor, teu sacrifício, tua paixão por nós,

Muito obrigado Senhor!

http://www.novaera.org.br/
 
 
Autora: Amélia Rodrigues
Psicografia: Divaldo Franco 
 
 

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Ter Atitudes



"Ter atitudes"

 

Ter atitude é reagir diante das dificuldades;
Ter atitude é respeitar a opinião do outro;
Ter atitude é expressar-se diante dos fatos;
Ter atitude é calar-se quando necessário;
Ter atitude é revigorar a sua força;
Ter atitude é ter a intenção de fazer;
Ter atitude é alimentar a sua coragem;
Ter atitude é pensar com a razão;
Ter atitude é proporcionar ao outro o bem;
Ter atitude é buscar em você o melhor em suas palavras;
Ter atitude é praticar o bem sempre em qualquer circunstância;
Ter atitude é voltar-se para si próprio e rever seus sentimentos;
Ter atitude é acima de tudo, ter a responsabilidade em tudo que se faz.

Site Gotas de Paz
Postada em terça-feira, 1 de novembro de 2011.

 

O mais sagrado

( Sol chega para afastar a névoa da manhã em
Hampstead Heath - Londres )

"O mais sagrado"

Preserve o mais sagrado.

Sagrados não são apenas, os objetos de culto religioso, mas é tudo o que não se deve ser desrespeitado.

Sagradas são, assim, as suas relações de amizade, as intenções de bem viver e trabalhar, a família harmoniosa e todo o necessário para uma vida feliz.

Mas, o mais sagrado mesmo é o seu coração, que não deve deixar-se ferir.

Basta considerá-lo o mais sagrado, o que tem maior valor, que, por uma providência natural, você se põe a cuidar dele, a evitar o mal e a fazer o bem.

É defesa do coração considerá-lo sagrado.



Lourival Lopes

Extraído de "Sabedoria todo dia"


quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Vamos fugir?

"Vamos fugir?"



Recebido por e-mail da Amiga
Lady_Tihtih

Minha Oração no final do Ano


"Minha Oração no final do Ano"


Senhor Deus, dono do tempo e a eternidade, teu é o hoje e o amanhã, o passado e  o futuro.

Ao acabar  mais um ano,  quero te dizer obrigado por tudo aquilo que recebi de Ti.

Obrigado pela:-
- vida e pelo amor, 
- pelas flores, 
- pelo ar e pelo sol, 
- pela alegria e pela dor, 
- pelo o que foi possível e 
- pelo o que não foi.
 
Ofereço-te tudo  o que fiz neste ano, o trabalho que pude realizar, as coisas que passaram pelas minhas mãos e o que com elas pude construir.

Apresento-te as pessoas que ao longo destes meses amei, as amizades novas e os antigos amores.


Os que estão perto de mim e aqueles que pude ajudar, as com quem compartilhei a vida, o trabalho, a dor e a alegria.

Mas também, Senhor, hoje quero te pedir perdão.

Perdão pelo:-
- tempo perdido, 
- pelo dinheiro mal gasto, 
- pela palavra inútil e 
- o amor  desperdiçado.
 

Perdão:-
- pelas obras vazias e 
- pelo trabalho mal feito, 
- perdão por viver sem entusiasmo.

Também pela oração que aos poucos fui adiando e que agora venho apresentar-Te, por todos meus ouvidos, descuidos e silêncios, novamente te peço perdão.

Nos próximos dias começaremos um novo ano. 

Paro a minha vida diante do novo calendário que ainda não se iniciou e te apresento estes dias, que somente Tu sabes se chegarei a  vivê-los.

Hoje, te peço para mim,  meus parentes e amigos:-
- a paz e a legria, 
- a fortaleza e a prudência, 
- a lucidez e a sabedoria.

Quero  viver cada dia  com otimismo e bondade, levando a toda parte um coração cheio de compreensão e paz.
 
Fecha meus ouvidos  a toda falsidade  e meus lábios a palavras mentirosas, egoístas ou que magoem.

Abre sim,  meu ser a  tudo o que é bom.


Que meu espírito  seja repleto somente de bênçãos para que as derrame por onde passar.

"Senhor, a meus amigos que lêem esta mensagem, enche-os de Sabedoria, Paz, Amor e muita Saúde."

E que nossa amizade dure para sempre em nossos corações.

Enche-me, também,  de bondade e alegria para que todas as pessoas que eu encontrar no meu caminho possam descobrir em mim, um pouquinho de Ti.

Dá-nos um ano feliz, e ensina-nos a  repartir felicidade.

Amém



terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Feliz Natal!


Feliz Natal!

Advento


Anete Roese

Maria esperou tanto o nascimento do seu filho, o filho de Deus, o Salvador. 
Deus esperou tanto pelo encontro pleno com a humanidade, sua criação, através de Jesus, seu filho enviado.
Advento é tempo de espera e de preparo .


Advento é o tempo de quatro semanas que antecede o natal. 
Tempo no qual nós nos preparamos espiritualmente para rememorar e celebrar a vinda do menino Jesus, a vinda de Deus criança, de Deus humilde, Deus humano.

 É o tempo reservado em nossa vida para parar e refletir, meditar, cantar e recontar a história do nascimento do menino Jesus. 
 
É um tempo especial para pensar sobre o sentido da nossa vida, da nossa fé, da nossa esperança. 
Neste tempo esperamos renovação na nossa vida pessoal, familiar, social, econômica... porque acreditamos no poder e na promessa de Deus quando enviou seu filho ao mundo.

 
Deus se humanizou, se tornou criança pequena, humilde, para aproximar-se de maneira mais sublime de suas criaturas;
se tornou criança para encontrar acolhida em meio ao seu povo. 
É um tempo em que muitas luzes são acesas nas casas e nas ruas das cidades, revelando o grande desejo humano de luz sobre toda a vida, e acendendo a sensibilidade humana e o desejo de que esta luz se transforme em vida abundante, desejo de que esta luz se torne concreta na vida cotidiana.

 
O tempo de advento, o tempo de natal, é um tempo em que as pessoas se sensibilizam, se alegram, se tornam abertas à comunhão, ao amor, ao perdão.
É também um tempo em que as pessoas se entristecem, pois pensam em seus sonhos, em sua realidade, em sua vida, em sua falta de esperança e se apercebem de sua solidão, de sua pobreza...
Ao mesmo tempo, é um tempo em que Deus nos convida a buscar um lugar, a lutar por acolhida, como Maria e José que bateram de porta em porta. 
É, também, um tempo de oferecer hospitalidade.
Hospitalidade para acolher outras pessoas em nossa comunidade, em nossa casa;
e hospitalidade para acolher em nossa vida novos valores, novos pensamentos, novos referenciais;
é tempo de acolher Deus, tempo de acolher a paz, tempo de anular a violência em nós e em nossa casa, tempo de anular o medo e o rancor.
Que o tempo de advento seja em nossa vida um tempo de preparo para voltarmos ao que é mais pleno e puro na vida desejada por Deus.


www.marcoaureliobriques.com

Reflexão

"Reflexão"



segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Human Planet

Natal é............





"Natal é............"











Se tens Amigos, busca-os!
O Natal é encontro.

Se tens inimigos, reconcilia-te!
O Natal é Paz!

Se tens pobres ao teu lado, ajude-os!
O Natal é dom!

Se tens soberba, sepulte-a!
O Natal é Humildade.


Se tens dívidas, pague-as!
O Natal é  Justiça.


Se tens Pecado, converte-te!
O Natal é Graça.

Se tens treva, acende o teu farol!
O Natal é luz.

Se tens tristeza, reaviva a tua Alegria!
O Natal é gozo.



Se estás no erro, Reflete!
O Natal é verdade.


Se tens Ódio, esquece-o!
O Natal é Amor!



Feliz Natal !!!!!!!!!!

Autoria C. Maradel