Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

É preciso recomeçar .....


Foto


É preciso recomeçar cada dia, saber se reinventar. 

É importante deixar o passado onde está, não tente trazer momentos e pessoas para o presente. 

Se algo acabou, é porque havia chegado o momento do fim. 

Pare de insistir, permita-se desistir, abra mão daquelas pessoas que não devem mais frequentar sua vida. 

Não tenha medo de magoar quem já lhe magoou inúmeras vezes. 

Se dê oportunidades de experimentar novos sabores, novos aromas, novos abraços, novos amores. 

E nunca esqueça, a dor é inevitável, mas passageira. 

O sofrimento é opcional e é você que decide mantê-lo em sua vida.
Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Oleg Oprisco


Pensamentos Maldosos


Foto



Que os pensamentos maldosos direcionados a mim se dissipem no meio do caminho e se transformem em raios de positividade.



Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Hazem


Disponível em: http://assuntoseachadosdascheila.blogspot.com.br

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Sou uma Artesã .....



Foto
Da minha vida eu sou uma artesã. 
E vou bordando minha história. 
Momentos felizes são bordados com fios de ouro para sempre lembrar do seu valor. 
Momentos tristes são bordados com fios de seda para que o tempo os torne suaves.

Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Sarah Kay

Disponível http://assuntoseachadosdascheila.blogspot.com.br

Felicidade é .....


Felicidade é ....

A felicidade não é algo que devemos buscar em terras longínquas. 

Não se encontra fora mas dentro de nós. 

Deve ser construída internamente, com calma e sabedoria, sempre esquivando-se daquilo que acontece a sua volta. 

Ser feliz é ser resiliente. 

É ser bem-humorado. 

É emanar luzes de positividade em todos os lugares que estiveres. 

Felicidade é sinônimo de paz de espírito. 

Quem é feliz vive com leveza.
Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Jim Hansel 
 

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Parei de .......



Parei de colocar expectativas em cima das pessoas. 

Porque aprendi que somente eu sou a culpada pelas decepções. 

Não devo cobrar atenção, muito menos sentimentos, pois cada pessoa oferece aquilo que tem dentro de si.

 Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Sylar



Simplicidade


Simplicidade


Foi na simplicidade dos detalhes que descobri o verdadeiro significado da minha vida.
Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Rui de Paula

Disponível em: http://assuntoseachadosdascheila.blogspot.com.br
 

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Tenho observado, principalmente nas redes sociais, que ......




Tenho observado, principalmente nas redes sociais, que as pessoas estão perdendo a compostura demasiadamente rápido. 

Apenas uma palavra escrita pelo comunicador, e não entendida pelo receptor, pode desencadear discussões absurdas. 

Brigas virtuais geram desgastes emocionais da mesma forma que brigas presenciais. 

É tão mais simples desconectar. 

Se leu e não gostou, descarte, não inicie uma discussão. 

Se percebeu que alguém não entendeu o que quisestes dizer, tente se expressar mais claramente, se ainda não fostes entendido, desligue-se da conversa. 

Não prestigie quem só quer atrair atenção para si. 

Uma conversa presencial ou virtual deve estar na mesma sintonia, caso contrário, as pessoas envolvidas estão falando sozinhas.

 
 Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Jean Pierre Leclercq

 

A Raça dos Desassossegados !!!




Pertenço (desde menina o sei) à essa raça, a raça dos desassossegados, aqueles que estão sempre inquietos, exigentes conosco mesmo, que amam com atropelos, amam os sonhos e as fantasias, não se aquietam por nada e so sossegam quando se reconhecem. 

Creio que somos uma raça abençoada. 
 Vejam só:-
A RAÇA DOS DESASSOSSEGADOS
Martha Medeiros 

“À raça dos desassossegados pertencemos todos, negros e brancos, ricos e pobres, jovens e velhos, desde que tenhamos como característica desta raça comum, a inquietação que nos torna insuportavelmente exigentes com a gente mesmo e a ambição de vencer não os jogos, mas o tempo, este adversário implacável.

Desassossegados do mundo correm atrás da felicidade possível, e uma vez alcançado seu quinhão, não sossegam:- 
- Saem atrás da felicidade improvável, aquela que se promete constante, aquela que ninguém nunca viu, e por isso sua raridade. 

Desassossegados amam com atropelo, cultivam fantasias irreais de amores sublimes, fartos e eternos, são sabidamente apressados, cheios de ânsias e desejos, amam muito mais do que necessitam e recebem menos amor do que planejavam.

Desassossegados pensam acordados e dormindo, pensam falando e escutando, pensam ao concordar e, quando discordam, pensam que pensam melhor, e pensam com clareza uns dias e com a mente turva em outros, e pensam tanto que pensam que descansam.

(..) Desassossegados têm insônia e são gentis, lhes incomodam as verdades imutáveis, riem quando bebem, não enjoam, mas ficam tontos com tanta idéia solta, com tamanha esquizofrenia, não se acomodam em rede, leito, lamentam a falta que faz uma paz inconsciente. 

Desta raça somos todos, eu sou, só sossego quando me aceito.”


Analuz Carvalho

É fácil perceber ....


Foto: É fácil perceber quais são as pessoas tóxicas que estão ao nosso redor. Uma pessoa de coração puro jamais se definirá como invejado(a), quem se auto-intitula assim são os invejosos. Uma pessoa bondosa não sai por aí corrigindo benevolência alheia. Ela se sente feliz ajudando o próximo, e não tem tempo para criticar apontando frases como: "aquilo que a mão direita faz a esquerda não precisa saber". Cada pessoa sabe o bem que pratica, e o único que pode julgar é Deus, o Grande Criador do Universo. Uma pessoa justa, que caminha pelos caminhos corretos não se define injustiçada quando algo dá errado, no máximo, ela se sentirá triste. Quem se diz injustiçado(a) geralmente são as pessoas mais injustas, que tem dificuldade em enxergar o bem no outro, colocando descrições maldosas. Há aquelas pessoas vitimistas, que ao menor deslize cometido, jogam a culpa em cima dos outros. Tome bastante cuidado para não ser um lenço que está enxugando as lágrimas de quem não faz nenhum esforço para sair do lugar. E tem aquelas pessoas que quando nos encontram "falam pelos cotovelos". Quem fala muito certamente está aumentando ou até inventando assuntos, mais cuidado ainda com quem adora falar da vida alheia. Você pode cair numa armadilha feita por alguém que não suporta a vida que leva. Pessoas tóxicas existem e estão por todos os lugares, não é necessário excluí-las da sua vida, mas é importante manter distância para evitar males maiores. Essas pessoas tem poder semelhante à uma forte enxurrada, que destrói tudo que vê pela frente.

Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Jim Warren

Disponível em: http://assuntoseachadosdascheila.blogspot.com.br
É fácil perceber ....



É fácil perceber quais são as pessoas tóxicas que estão ao nosso redor. 

Uma pessoa de coração puro jamais se definirá como invejado(a), quem se auto-intitula assim são os invejosos. 

Uma pessoa bondosa não sai por aí corrigindo benevolência alheia. 

Ela se sente feliz ajudando o próximo, e não tem tempo para criticar apontando frases como:-
-"Aquilo que a mão direita faz a esquerda não precisa saber". 

Cada pessoa sabe o bem que pratica, e o único que pode julgar é Deus, o Grande Criador do Universo. 

Uma pessoa justa, que caminha pelos caminhos corretos não se define injustiçada quando algo dá errado, no máximo, ela se sentirá triste. 

Quem se diz injustiçado(a) geralmente são as pessoas mais injustas, que tem dificuldade em enxergar o bem no outro, colocando descrições maldosas. 

Há aquelas pessoas vitimistas, que ao menor deslize cometido, jogam a culpa em cima dos outros. 

Tome bastante cuidado para não ser um lenço que está enxugando as lágrimas de quem não faz nenhum esforço para sair do lugar. 

E tem aquelas pessoas que quando nos encontram "falam pelos cotovelos". 

Quem fala muito certamente está aumentando ou até inventando assuntos, mais cuidado ainda com quem adora falar da vida alheia. 

Você pode cair numa armadilha feita por alguém que não suporta a vida que leva. 

Pessoas tóxicas existem e estão por todos os lugares, não é necessário excluí-las da sua vida, mas é importante manter distância para evitar males maiores. 

Essas pessoas tem poder semelhante à uma forte enxurrada, que destrói tudo que vê pela frente.
Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Jim Warren

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Felicidade





Foto

Felicidade

A felicidade está logo ali, bem na sua frente, batendo na porta, tentando entrar por alguma fresta. 

Mas você está lá fora, no jardim, tentando encontrar um trevo de quatro folhas. 

Ao invés de procurar sua sorte, abra a porta, destranque as janelas e deixe a alegria voltar para sua vida.

 
Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Mila Marquis


" A Alma dobra, mas não quebra "


Nenhum texto alternativo automático disponível.
" A Alma dobra, mas não quebra "


Um belo texto para reflerxão

(antigo provérbio)

Não importa realmente o tamanho da dor que você vive ou viveu.

Nem o tamanho do sofrimento sentido pela perda, seja do ente querido que morreu, seja do amor de poucos dias que acabou, se perdeu.


A alma sofre tanto que parece ser o fim, a dor da perda parece física, inexplicável, mas é suavizada pelos dias, amenizada pelo tempo,cicatrizada pela necessidade de viver.


Por isso, ao refletir na dor que nos cabe em nosso viver, possamos entender que tudo é passageiro de verdade.


A dor, o amor, a saúde, a paz, a esperança, a noite, o dia, o velho e a criança. 


O sentimento de perda e o apego.

Todos são frutos no mesmo balaio.


Hoje cheiram bem ou mal, mas amanhã estarão inevitavelmente podres.


Ai de quem parte, ai de quem fica...


Se a dor da gente não "sai no jornal",resta esse "respirar forçado" da vida que segue, 


Se realmente a alma não quebra, ela segue dobrada, pela saudade do que perdemos, ou do que não fomos, pela angústia de rever pedaços que doem tanto.


Mas sempre resta uma esperança, ainda que seja sonho de criança, de ter um reencontro, seja com quem partiu e deixou doce lembrança, seja com o que perdemos e não nos conformamos, amarga herança.


Fica então a certeza:-

 "A dor ensina de verdade, mas só o amor educa para a eternidade."

Texto de Paulo Roberto Gaefke

domingo, 25 de setembro de 2016

Onde estiveres, faze claridade em ti mesmo, para que a treva desça de nível.


 
Onde estiveres, faze claridade em ti mesmo, para que a treva desça de nível.

 

Só a luz desintegrará na Terra as cristalizações da sombra, em que a ignorância e a penúria tecem ninho à inquietação e ao sofrimento.

Não te encarceres, porém, na feição unilateral do grande problema.


Educação, em boa síntese, é luz que circula vitoriosa do sentimento ao raciocínio, sustentando o equilíbrio entre o cérebro e o coração.

 
A ciência constrói a medicina.

 
A compreensão humana faz o médico.

 
As letras erguem o magistério.

 
A consagração ao ensino gera o professor.

 
A técnica estende os patrimônios da indústria.

 
O devotamento ao trabalho levanta os missionários do progresso.

A teologia plasma a religião.

As virtudes da fé realmente vividas erigem o pastor.

A universidade lavra diplomas.

A escola do exemplo, nos testemunhos de elevação dentro da luta cotidiana, forma os verdadeiros servidores do mundo.

Não prescindimos da instrução.

Mas não honraremos o pensamento claro e nobre sem o acrisolamento espiritual.

A idéia esclarece.

O sentimento cria.

A palavra edifica.

O exemplo arrasta.

É por isso que Jesus, exalando a sabedoria, não olvidou a prática do amor.

Aprendamos servindo.

Essa é a única fórmula capaz de reunir-nos ao Mestre que procuramos.

Muitos possuem ouro e prata...

Muitos detêm a cultura...

Muitos guardam a bondade...

Muitos dispõem do poder... 

Mas se não sabem acender a luz em si próprios, riqueza e inteligência, afetividade e dominação, não lhes servem, por vezes, senão por vasto pedregulho no campo da experiência.

Entesoura no cérebro a ciência que te ilumine, mas inflama de amor o coração que te pulsa no peito, porque somente assim farás da própria vida a estrela de serviço e de fé, guiando-te a alma.
Emmanuel

Preces pelos Desencarnados


Preces pelos Desencarnados 



Pai!... 

Ao longo da vida fui devolvendo à Ti muitos daqueles que amei...
Um a um, às vezes os mais idosos, as vezes os mais jovens, foram retornando para casa, deixando para trás saudades que até hoje me é difícil suportar; flores que trocastes de jardim, deixando em seu lugar o silêncio e a solidão...

Hoje quero pedir por eles, a todos que de uma forma outra estiveram ligados à mim nesta encarnação, para que os abençoe e guarde, a fim de encontrem paz e serenidade no mundo espiritual.

Muitos deles, Senhor, não obstante o coração generoso, afastaram-se do corpo através de enfermidades dolorosas e incuráveis que lhes minaram as forças até o final, deixando na memória de todos o exemplo da coragem e da fé em Teus desígnios, sem esmorecimento...
Outros, desiludidos com a provas que lhes cabiam na derradeira existência, não suportaram e sucumbiram, afastando-se da carne pelo suicídio ou pelas drogas, arcando assim com o agravamento dos débitos que lhes diziam respeito e por isso mesmo infinitamente mais infelizes que antes...

Outros, Pai, deixaram para trás os mais belos e santos laços desencarnando em pleno vigor juvenil, desfazendo-se assim de pesados grilhões passados e retornando com a leveza das aves para os ninhos Superiores, para descansar e prosseguir...

Outros ainda, Senhor, deixaram o corpo como quem abandona fardo inútil após cumprida a tarefa, enveredando-se pelos caminhos da felicidade engalanados de luzes e valores, conquistados pelo trabalho santo a que se dedicaram na Terra, em favor de todos os seus semelhantes...

Representaram muito para mim... 
Para alguns eu pude dizer "te amo", para outros não... 
No entanto, pela importância que tiveram em minha vida, o meu amor há de lhes ser carinho constante no além, porque acredito que nada se desfaz com a morte do corpo, pelo contrário, se fortalece...

Que hoje, eu possa levar a todos eles o meu pensamento de ternura e gratidão, para que saibam, estejam onde estiverem, que não estão esquecidos na Terra, habitando em minha lembrança e em meu coração com a mesma força e a mesma sinceridade de antes! 

Assim seja!

Psicografia recebida no Instituto André Luiz em 03.02.2003
Revista em 02.11.2011


sábado, 24 de setembro de 2016

Decisão e Vontade


Decisão e Vontade

Incerteza parece coisa de pouca monta, mas é assunto de importância fundamental no caminho de cada um. 

As criaturas entram na instabilidade moral, habituam-se a ela, e passam ao domínio das forças negativas sem perceber. 

Dizem-se confiantes pela manhã e acabam indecisas à noite. 

Frequentemente rogam em prece:-
- Senhor! 
- Eis-me diante de tua vontade!... 

Mostra-me o que devo fazer!... 

E quando o Senhor lhes revela, através das circunstâncias, o quadro de serviço a expressar-se, conforme as necessidades a que se ajustam, exclamam em desconsolo:-
- Quem sou eu para realizar semelhante tarefa? 

- Não tenho forças. 

- Ai de mim que sou inútil!... 

Sabem que é preciso servir para se renovarem, mas paradoxalmente esperam renovar-se sem servir. 

Dispõem de verbo fácil e muitas vezes se proclamam inabilitadas para falar auxiliando a alguém nas construções do Espírito. 

Possuem dedos ágeis, quais filtros inteligentes engastados nas mãos; entretanto, costumam asseverar-se inseguras na execução das boas obras. 

Ouvem preleções edificantes ou mergulham-se na assimilação de livros nobres, prometendo heroísmo para o dia seguinte, mas, passada a emoção, volvem à estaca zero, à maneira de viajante que desiste de avançar nos primeiros passos de qualquer jornada.

Louvam na rua o equilíbrio e a serenidade e, às vezes, dentro de casa, disputam campeonatos de irritação. 

O dever jaz à frente, a oportunidade de elevação surge brilhando, os recursos enfileiram-se para o êxito e realizações chamam urgentes, mas preferem a fuga da obrigação sob o pretexto de que é preciso cautela para evitar o mal, quando o bem francamente lhes bate à porta. 

Trabalho, ação, aprendizado, melhoria!... 

Não te ponhas à espera deles sob a imaginária incapacidade de procurá-los, à vista de imperfeições e defeitos que te marcaram ontem. 

Realização pede apoio da fé. 

Mãos à obra. 

Tudo o que serve para corrigir, elevar, educar e construir, nasce primeiramente no esforço da vontade unida à decisão. 

Emmanuel
Francisco Cândido Xavier

Como a Espiritualidade atua para acabar com o Preconceito ......


Como a Espiritualidade atua para acabar com o Preconceito, através da reencarnação?


Contribui com a extinção dos preconceitos esclarecendo que a Lei Divina determinará implacavelmente que reencarnemos entre aqueles que discriminamos.

Há inúmeros relatos em obras mediúnicas, dando-nos notícias de fazendeiros que judiavam dos negros. 
 
Devido a isso, retornaram como escravos africanos.

Anti-semitas voltam como judeus para sentir na própria pele o que é esse preconceito. 
 
Da mesma forma, judeus convictos de que pertencem a uma raça superior, escolhidos por Deus, ressurgem no seio dos povos que julgam inferiores.

Aprendemos com Jesus que o amor ao próximo equivale a amar a Deus. 
 
Isso significa que é absolutamente impossível reverenciar o Criador discriminando suas criaturas.


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Sábias Reflexões


Sábias Reflexões


A cegueira mental está relacionada ao egoísmo, a falta de generosidade e aos interesses pessoais, que acabam sendo muito mais importantes que os interesses de um todo. 

Rita Padoin

Palavras .....


Palavras ......

As palavras devem andar sincronizadas com nossas atitudes, caso contrário, são apenas palavras em vão jogadas ao vento. 

É fundamental a coerência dos nossos atos com aquilo que proferimos. 

Uma palavra certa no momento certo, transforma uma vida. 

Uma atitude no momento certo, salva uma vida. 
                              Autoria - Scheila F. Scisloski
                                   Arte - Kathy Fincher

Disponível:-  http://assuntoseachadosdascheila.blogspot.com.br
 

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Verdades .....


Verdades ....

Só valorizamos a primavera porque conhecemos o inverno. 
 
Isso vale também na nossa vida. 
 
Se não conhecêssemos a dor, tampouco valorizaríamos a felicidade, muito menos o amor.
Autoria - Scheila F. Scisloski
Arte - Weimohuan

Disponível  http://assuntoseachadosdascheila.blogspot.com.br



Aprendi ....


 
Aprendi ...


Um dia desses, enquanto aguardava a vez na sala de espera, percebi, solta entre as revistas, uma folha de papel.

A curiosidade fez com que a tomasse, para ler o que estava escrito. 

Era uma bela mensagem que alguém havia escrito.
O título era interessante e curioso:-
 Aprendi...
Dizia mais ou menos o seguinte:-
- Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém; posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto.
Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim. 

Tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.
Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos; que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.
Eu aprendi... que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida; que, por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.
Aprendi... que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência.
Mas aprendi, também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.
Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles; que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem.
Aprendi que perdoar exige muita prática; que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso.
Aprendi... que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.

Aprendi que posso ficar furioso, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel; que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso.
Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, e que eu tenho que me acostumar com isso; que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.
Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.
Eu aprendi... que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto.
Aprendi que, numa briga, eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me  envolver; que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.
Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.
Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.
Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio.
Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério.
E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos.
Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.
Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.

A mensagem é significativa, e sua autoria é atribuída a William Shakespeare.
Nós poderíamos simplesmente lê-la e guardá-la na memória, mas preferimos dividi-la com você.

Porque uma coisa nós também aprendemos:-
O que é bom deve ser divulgado.


Redação do Momento Espírita, com base em mensagem atribuída a William Shakespeare.
Disponível no CD Momento Espírita, v. 10, ed. Fep.
Em 06.07.2009.