Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 31 de janeiro de 2016

Bom Dia !!!




"(...)Vigia-te, no momento de aflição e prova, a fim de que não compliques, por precipitação, o teu estado íntimo.

Suporta o vendaval do testemunho com serenidade;
recebe a adaga da acusação indébita com humildade;
aceita o ácido da reprimenda injusta com nobreza;
medita diante do sofrimento com elevação de sentimentos.

Todos os momentos difíceis cedem lugar a outros:-
- Os de Paz e Compreensão.

Não te desalentes, exatamente quando deves fortalecer-te para a luta.
 
São os instantes difíceis que as resistências morais devem estar temperadas, suportando as constrições que ameaçam derruir as fortalezas íntimas.

Quando estiveres a ponto de desfalecer, procura refúgio na oração.

Orando, renovar-se-ão tuas paisagens mentais e morais, elevando-te o ânimo
e reconfortando-te espiritualmente.

Jesus, que não tinha qualquer dívida a resgatar e que é o Sublime Construtor da Terra,
enquanto conosco não esteve isento dos momentos de aflição, demonstrando, amoroso, como vencê-los todos, e, ao mesmo tempo, ensinando a técnica de como retirar do aparente mal, as proveitosas lições da felicidade.

Considera-Lhe os testemunhos, e, em em qualquer momento em que sejas defrontado pela aflição ou prova, enfrenta a circunstância e extrai do amor a parte melhor da tua tarefa de santificação."
 
 Livro :- Oferenda
JOANNA DE ÂNGELIS

Divaldo P. Franco
 
 

Bom Dia !!!



"(...) Havendo eu sido cego, agora vejo.” 
- (João: capítulo 9º, versículo 25) 


"(...) O cipoal das paixões humanas, através das habilidades da astúcia, abriam-se em ardis infelizes, tentando apanhar o incomparável Amigo dos sofredores. 

Hoje, no entanto, ainda é assim.

Tropeçam e atropelam-se os cegos do corpo com os do espírito. 

Os últimos são piores do que os primeiros porque se negam a ver, preferindo a urdidura da infâmia e da perversidade nas quais se distraem e anestesiam a razão. 

Cuida-te contra a cegueira imposta pelos preconceitos, pelo orgulho, pelos descalabros de todo porte. 
Já fizeste o teu encontro com Jesus. 

Agora vês. 
Beneficia-te da claridade a fim de progredires. 
Não mais acondiciones trevas morais nas antigas sombras dominadoras das paisagens íntimas. 
Sai na direção do dia de sol para servir. 
Caminha no rumo da luz e referta-te de claridades divinas,
difundindo a esperança e a alegria (...)" 


Livro:- Leis Morais da Vida

JOANNA DE ÂNGELIS

Divaldo Franco

sábado, 30 de janeiro de 2016

Bom Dia !!!



"(...) Dilata, desse modo, as tuas expressões íntimas, dirigindo-as para o bem e não te preocupes com o mentiroso triunfo do mal aparente.


 
 

Glorifica o dever e não te reportes à anarquia. 

Fala corretamente e retificarás os conceitos infelizes. 

Se te impressionam as transitórias experiências do primitivismo e da barbárie que ainda repontam na Terra, focaliza a beleza e superarás as sombras e inquietações...


A maneira mais agradável de adorar a Deus é elevar o pensamento a Ele, através do culto ao bem e do amor ao próximo. 
 

Desce à dor e ergue o combalido à saúde íntima;

mergulha no paul e levanta ao planalto os que ali encontres;

curva-te para socorrer, no entanto, ascende no rumo de Deus pelo pensamento ligado ao Seu amor e vencerás os óbices.
(...)"
Livro:- Leis Morais da Vida 
JOANNA DE ÂNGELIS
 Divaldo Franco

Bom Dia !




"Cale a boca das ansiedades, que clama vozes incongruentes, expressando inquietudes íntimas e faça silêncio para orar.
Tome com os lábios do coração o murmúrio da Esperança e module a melodia da prece no país da alma, deixando que as brandas consolações que ressumbram dos apelos aos Céus harmonizem as emoções interiores em desalinho.
A oração é couraça de luz que defende por dentro, imunizando por fora.
Veículo dos soluços da Terra, converte-se em luz que jorra de cima como Divina resposta em fulgurações inspirativas.
Orvalho refrescante acalma, consola e alimenta.
Em verdade não liberta dos sofrimentos nem afasta das provações ...
Sol abençoado dilata a visão, facultando o discernimento e aclarando os limites do entendimento.
... Orar, pois, para pedir e, orar, também, para agradecer.
Pedir, situando o pensamento nas nascentes sublimes da Vida Superior, e agradecer, para ficar as Harmonias recebidas e experimentando o júbilo de quem, reconhecido e emocionado, captou a Divina resposta.
Orar Sempre e Constantemente para sair da Aflição, evitar a tentação, dominar a ira e entender o sofrimentos - ignorada mestre - que segue com o Espírito estrada a fora sublimando a imortalidade."

"A Prece segundo os Espíritos"
Amélia Rodrigues
Divaldo Pereira Franco


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Reflexão 4


Reflexão 4

"(...) Ao pôr do Sol, doentes com diversas enfermidades, iam a Ele, impondo as mãos a cada um deles,  curava-os. 

Também de muitos saíam espíritos, que gritavam e diziam:- - Tu és o Filho de Deus! 
Mas Ele repreendia-os e não os deixava falar, porque sabiam que Ele era o Messias, e a hora da revelação ainda não chegara. 

Cada questão em seu momento próprio, e era necessário preparar o campo, fertilizá-lo, a fim de que as sementes de luz pudessem germinar e o Novo Dia se instalasse nos corações. 

Terminada a tarefa junto dos aflitos pelos próprios erros, aos amarrados a tresvarios obsessivos por consciência culpada, aos desesperados por haverem perdido a direção de si mesmos, o Mestre retirou-se, para sintonizar com Deus, a Inexaurível Fonte de Vida. 
Procurado insistentemente pelas sucessivas ondas de necessitados que chegavam, intérminas, Ele explicou:-

- Tenho também que anunciar a Boa Nova do reino de Deus às outras cidades, pois para que isso fui enviado. 

... E saiu a pregar nos campos, nas aldeias, nas sinagogas, nas praças, nas praias, em toda a parte onde se fizesse necessário. 

A primavera espiritual que Ele iniciava jamais se transformaria em outono de desesperança ou de inverno de sofrimento insuportável, porque Ele permanecia para sempre como o incomparável dispensador de bênçãos, renovando as paisagens do mundo moral da criatura humana de todos os tempos futuros (...)"

Livro:- Até o fim dos tempos
AMÉLIA RODRIGUES
Divaldo Franco

Reflexão 3

Reflexão 3

"(...) Krishna, rodeado por um certo número de discípulos,
ia de cidade em cidade espalhar os seus ensinos:-
“O corpo, dizia ele , envoltório da alma que ai faz sua morada, é uma coisa finita; porém, a alma que o habita é invisível, imponderável e eterna."
“O destino da alma depois da morte constitui o mistério dos renascimentos.

Assim como as profundezas do céu se abrem aos raios dos astros, assim também os recônditos da vida se esclarecem à luz desta verdade."
“Quando o corpo entra em dissolução, se a pureza é que o domina, a alma voa para as regiões desses seres puros que têm o conhecimento do Altíssimo.
Mas, se é dominado pela paixão, a alma vem de novo habitar entre aqueles que estão presos às coisas da Terra."
“Todo renascimento, feliz ou desgraçado, é consequência das obras praticadas nas vidas anteriores (...)"
Livro:- Depois da Morte
LEON DENIS

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Refelxão 2

Reflexão


"(....) Diante dos afetos que diminuíram de intensidade;
dos comportamentos que se alteraram;
das situações que sofreram mudanças;
dos amigos que fizeram novas opções;
do entusiasmo que arrefeceu ou passou para outra área; 
dos desafios novos, não te insurjas pela depressão ou violência. 
São fenômenos, estes, de mudança que a vida impõe.
Aceita-os com Calma e em Paz, continuando com os ideais nobres e evoluindo sempre, sem retentivas com a retaguarda nem ansiedades em relação ao futuro.(...)" 
 Livro:- Momentos de Saúde
JOANNA DE ÂNGELIS
Divaldo P. Franco

Reflexão

Reflexão

"(...) O que fizeste, não mais podes impedir ou evitar. 
Disparado o dardo, ele segue o rumo. 
Avalia, desse modo, seus efeitos e repara-os, quando negativos. 
Se a tua foi uma ação reprochável, corrige-a, logo possas, mediante novas atividades reparadoras. 

Se resultou em conflito pessoal a tua atitude, que não corresponde ao que crês, como és, treina equilíbrio e põe-te em vigília. 
Fraco é todo aquele que assim se considera, não desenvolvendo o esforço para fortalecer-se. 
Quando justificas o teu erro com autoflagelação reparadora, logo mais retornarás a ele. 
Propõe-te encarar a existência conforme é e as circunstâncias se te apresentam. 
Erradica da mente as idéias que consideras impróprias, prejudiciais, conflitivas. 
Substitui-as vigorosamente por outras saudáveis, equilibradas, dignificantes.
Toda realização se inicia na mente. 
Desenhada no plano mental vem materializar-se ao primeiro ensejo. 
Pensa, portanto, com correção, liberando-te das idéias malsãs que te gerarão consciência de culpa (...)"
Livro:- Momentos de Saúde
JOANNA DE ÂNGELIS

Divaldo P. Franco

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Sete maneiras de melhorar a sua intuição


Sete maneiras de melhorar a sua intuição 

Você já esteve numa situação quando seu ‘pressentimento’ lhe disse algo, mas sua mente racional disse outra coisa?  

Se você escolheu escutar seu cérebro, ao invés de sua intuição, há uma boa chance de que você acabou se arrependendo da decisão. 

A intuição é o líder subconsciente que muitas pessoas não dão o devido respeito.  

Mas aprender a escutar a este ‘compasso interno’ poderá ajudar você a tomar melhores decisões e viver uma vida mais completa.

“Eu defino a intuição como um conhecimento sutil, sem ter a mínima ideia do porquê que eu sei disso”, explica Sophy Burnham, escritora do Livro:- The Art of Intuition: -  Cultivating Your Inner Wisdom (Em tradução livre do título:-
- A Arte da Intuição:-
Cultivando Sua Sabedoria Interna), para o The Huffington Post. 

“É diferente de pensar, é diferente de lógica ou análise… é um conhecimento sem o conhecimento.”

É o raciocínio inconsciente, o guia que o impele a virar para esquerda quando todos os sinais podem estar apontando para a direita.  

Muitas vezes é o cochicho interior que pode levar você ao melhor resultado possível, se você simplesmente aprender a relaxar e dar a ele uma chance.

A intuição é comumente associada ao misticismo da Nova Era, ou como uma forma metafísica de se pensar, mas não precisa ser assim. 

Nossa intuição estava aqui bem antes de alguém ter dado um nome para ela, e estará conosco bem depois que algumas palavras da moda expirarem.

“Há um grande volume de evidência anedótica, combinada com esforços sólidos de pesquisa, que sugerem o fato da intuição ser um aspecto crítico de como nós humanos interagimos com o nosso ambiente, e de como tomamos muitas de nossas decisões”, disse Ivy Estabrooke, do Gabinete de Pesquisa Naval (EUA), que está investigando o poder da intuição, o qual tem ajudado às tropas tomarem importantes e rápidas decisões durante combate.

Seja na decisão de qual emprego pegar, qual direção tomar quando você está perdido, ou como enfrentar um conflito em família, a intuição algumas vezes sabe mais do que a mente racional.  

O problema é que muitos de nós enterramos aquela pequena voz tão profundamente em nosso interior, que temos dificuldades de escutá-la ou sentir para onde ela quer nos guiar.

As boas novas é que a nossa intuição ainda está lá. 

Você só tem que aprender a escutá-la novamente.

Para treinar sua intuição, tente o seguinte:-
1. Meditação:-
- Fique algum tempo em silêncio, simplesmente escutando.

2. Comunique-se com a natureza:-
- Tente despender algum tempo fora, todos os dias.

3. Exercite sua criatividade:-
Acorde seu artista interior através de desenho, escrita, pintura ou música.

4. Aprenda a escutar:-
- Em geral, ouça aos amigos, familiares, ao silêncio e a si mesmo(a)..

5. Esteja consciente de seu corpo:-
- Aprenda a apreciar os pequenos sinais enviados pelo seu corpo, quando ele lhe diz que está cansado, alegre, precisando de amor ou ficando doente.

6. Deixe estar:
- Considere a ideia de que você não precisa estar em controle de tudo.  

A vida irá acontecer com você pensando demais, ou não. 

Relaxe.

7. Tenha atitude positiva:
- Um estudo de 2013 do periódico Psychological Science descobriu que ficar de bom humor aumentou as habilidades dos participantes de fazerem decisões intuitivas durante um jogo de palavras. 

Assim, sorria!

Trabalhar para se tornar mais intuitivo(a) requer a adoção de hábitos e estado mental saudáveis.  

Estas são coisas boas para o seu bem estar mental, emocional e físico, irrelevantemente de sua meta final.  

E, se cultivados regularmente, eles podem ajudar nas melhores tomadas de decisão e na felicidade geral.

EAK

Fontein5d.com



O sexo casual numa visão espírita


O sexo casual numa visão espírita

Atualmente o sexo casual é aceito por boa parte da sociedade, mesmo por alguns conservadores. 

O artigo que segue é uma opinião espírita sobre o tema. 

Quem quiser consultar doutrina, procure as questões 696 e 701 do Livro dos Espíritos.
Há algum tempo sexo era tabu e quem desafiasse esse tabu era mal visto pela sociedade. 

Mulheres deviam casar virgens. 

Muitas desgraças familiares, muitos suicídios foram cometidos por mulheres que se deixaram seduzir e engravidaram. 

Era tão estupidamente grande a vergonha de ser mãe solteira, condenada ao preconceito e falatório para o resto da vida; era tão assustadora a ideia de encarar um pai ultrajado com isso que era considerada a maior vergonha possível, que muitas preferiam dar fim à própria vida.
Muitos abortos clandestinos e perigosos, muitas mulheres especializadas em tirar a vida que se formava nos ventres jovens de mulheres que não conseguiram superar o desejo.

Muitos filhos bastardos, nunca reconhecidos, apartados da vida digna e normal. 

Muitos casamentos forçados na última hora, para evitar que o escândalo de uma gravidez sujasse o nome da família. 

Muitos casamentos arranjados apenas por interesse dos pais ou para evitar que as filhas ficassem solteiras além do tempo e perdessem o ensejo de arranjar um marido. 

E com isso o desgosto, o nojo do sexo, a falta de amor e carinho.
Duvido que a geração de agora saiba o que significava tudo isso. 

Porque hoje a política sexual vigente é exatamente o contrário; hoje o jovem é pressionado a iniciar sua vida sexual cada vez mais cedo, a experimentar o máximo de relações sexuais, a transitar entre pessoas dos dois sexos.

 Vivemos uma ditadura sexual. 

Talvez muitos pais não tenham consciência do que ocorre nas escolas, nas ruas, em suas próprias casas.

Em qualquer contato íntimo entre pessoas há troca de energias. 

Os adolescentes não imaginam que ficar com alguém não é algo apenas momentâneo. 

Eles ficam durante minutos ou horas, com ou sem relações sexuais. 

Mas as energias e as companhias espirituais dos ficantes transitam livremente. 

O sexo forma uma ligação energética entre os parceiros que se estende por muito tempo

O sexo casual é tido como uma atividade adulta, livre, em que o único cuidado, se houver, é na prevenção de doenças. 

Tratam isso como se fosse um avanço, uma grande conquista da civilização, quando na verdade se trata de uma tirania dos instintos. 

O sexo pelo sexo é um retorno à animalidade. 

Sexo sem afeto é instinto animal. 

Os praticantes do sexo casual não gostam de pensar a respeito.

Ninguém gosta de reconhecer suas fraquezas, analisá-las e questioná-las. 

Acham que quem tem opinião contrária à sua é moralista

Não conheço nenhuma  – nenhuma! – pessoa que se entregue a quantos parceiros se lhe apeteçam, durante a vida, que não sofra a partir de uma determinada idade. 

Quando o tesão começa a diminuir e a pessoa percebe que não formou afetos, só erotismo, o vazio aperta, o desgosto pela vida, a depressão. 

Fora a banalização cada vez maior do sexo, a busca por prazeres mais intensos, a experimentação com parceiros do mesmo sexo.

Acho que a homoafetividade deve ser respeitada como manifestação autêntica da personalidade humana. 

Mas a experiência por curiosidade ou por modismo ou por pressão do grupo é um mergulho no desconhecido. 

Estão lidando com sentimentos, emoções e sensações energeticamente poderosas, que mais cedo ou mais tarde exigem o reajuste. 

Aí a dor é inevitável…

Frequentemente sou perguntado pela opinião do Espiritismo a respeito do sexo livre e casual. 

O Espiritismo não tem como princípio ser um norteador de condutas à maneira dos antigos códices. 

O Espiritismo deixa claro que temos o livre-arbítrio, que tudo nos é permitido mas nem tudo nos convém, que toda ação gera uma reação.


Mas o mais importante é que sempre estamos acompanhados pelos espíritos que se afinizam conosco. 

Somos rodeados de espíritos que gostam do que gostamos. 

Nada que seja estritamente material pode atrair espíritos bem intencionados. 

O sexo casual, sem afeto, apenas pelo prazer, atrai muitos espíritos que sentem necessidade dessas mesmas energias. 

Forma-se com eles verdadeira simbiose, trocando energias e influências.
O sexo é uma dádiva de Deus e uma fonte legítima de prazer e rearmonização energética. 

Mas a vivência do sexo saudável pressupõe afeto. 

O resto é animalidade.


Morel Felipe Wilkon