Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Quem é o Idoso ?


Quem é o Idoso ?

“O corpo gera o corpo, porém o Espírito não é gerado pelo Espírito, porque já existia antes da gestação do corpo. 


Não foram os pais que geraram o Espírito de seu filho, eles apenas forneceram-lhe um corpo carnal.” 
– Está escrito n’O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XIV, item 8.

Quando encarnamos recebemos uma carga de fluido vital (fluido de vida). 


A quantidade de fluido vital não é a mesma para todos os seres; isso depende da necessidade reencarnatória de cada um.

André Luiz, em Livro:- psicografado por Chico Xavier, explica que poucos são os completistas, ou seja, nascemos com uma estimativa de vida estabelecida pela quantidade de fluido vital recebido e, com os abusos que cometemos, podemos desencarnar antes do previsto, não completando o tempo estipulado. 


Se viemos para acertar as pendências biológicas por mau uso do nosso corpo, como o suicídio direto ou indireto, vamos ficar aqui pouco tempo, somente o necessário para cobrir o tempo que desperdiçamos com os abusos numa vida anterior. 


Uma pessoa pode ter sua estimativa de vida programada para viver 80 anos e, em consequência de abusos químicos, por exemplo, desencarnar aos 65 anos, ficará devendo 15 anos. 

Na próxima encarnação, viverá somente 15 anos. 

Outros indivíduos vêm para uma tarefa prisional. 


Ao conviver com gerações que não são a sua, o indivíduo vai se sentindo isolado, um estranho no ninho. 

Os jovens o olham como se fosse uma peça de museu; com os companheiros da sua idade já não consegue se entender, pois lhe faltam estímulos visuais, auditivos ou lucidez. 

Torna-se pessoa dependente dos parentes, dos descendentes, para levá-lo aqui e acolá, para cuidar-se e tratar-se. 

Alguns idosos apanham, outros são explorados em seus bens materiais, outros são colocados em asilos onde nunca recebem visitas. 

Apesar do descaso dos filhos, dos familiares e da sociedade, que também terão de resgatar suas posturas equivocadas, esta é uma oportunidade de resgate dos abusos cometidos em outras vidas para, quem sabe, dobrar seu orgulho ou sua vaidade. 

Em compensação, outros indivíduos vêm, cuidam da família, educam os filhos, se preocupam com o entorno, com a natureza. 


Ao findar a carga de fluido vital, voltam para o plano espiritual com a missão cumprida. 

A escritora espírita, Dora Incontri, afirma que quem envelhece de modo apropriado é capaz de entender o conjunto da vida, que é uma preparação para o encontro com Deus. 


Quando o indivíduo estiver consciente deste destino eterno e tiver acumulado experiências proveitosas e puder repartir com os mais jovens o testemunho de uma vida exemplar, o declínio físico pouco importará. 

É necessário, portanto, a compreensão de que "o jovem de hoje, pelas determinações biológicas do Planeta, será o velho de amanhã; e o ancião de agora, pela lei sublime da reencarnação, será o moço do futuro".

 Livro:- Correio Fraterno
André Luiz
Francisco Cândido Xavier

Para receber as nossas mensagens clique em "curtir" na página ✿ ☛ Recanto de Paz - Facebook


Nenhum comentário:

Postar um comentário