Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 31 de maio de 2017

A História da Ponte e o Valor do Perdão


A História da Ponte e o Valor do Perdão

Esta é a história de dois irmãos que eram muito amigos, desde a infância. 

Eles eram vizinhos, tinham suas fazendas muito próximas. 

Um dia, por causa de uma discussão, a amizade entre esses dois irmãos acabou. 

Esta foi a primeira briga entre eles em 50 anos de convivência. 

Até então, eles sempre trabalharam juntos nas plantações e cuidando das fazendas, e sempre ajudavam um ao outro em momentos difíceis.

A briga começou por causa de um pequeno mal entendido, o que pode acontecer de vez em quando com todo mundo, mas a discussão foi crescendo até se tornar uma forte briga repleta de palavras de fúria e raiva, seguidas de semanas de silêncio e afastamento.

Um dia, um dos irmão estava em casa quando alguém bate na porta. 

Ao abri-la, depara-se com senhor de idade um pouco avançada, de barba branca, segurando uma caixa de ferramenta. 

"Sou carpinteiro, meu senhor, e meu trabalho pode ser útil", disse ele. 

"O senhor precisa de algum reparo na sua casa e na sua fazenda?". 

Sim, disse o irmão.

"Eu tenho um trabalho para o senhor. 

Do outro lado do riacho tem uma fazenda, que pertence ao meu irmão mais novo. 

Até então, toda a área entre as nossas casas era muito verde, mas ele mudou o curso do riacho para criar um tipo de fronteira entre nós. 

Tenho certeza que ele fez isso porque tem raiva de mim, mas eu vou dar uma resposta a ele...", disse o irmão mais velho. 

"Está vendo aquelas árvores perto do celeiro? 

Eu quero que o senhor faça uma cerca de três metros de altura com elas, pois eu nunca mais quero vê-lo, para o resto da minha vida."
 
O carpinteiro ouviu a história, e pensou em silêncio por alguns minutos depois de ouvir a história, e disse:-

- "Entendi, senhor."

O fazendeiro então ajudou o carpinteiro a carregar as ferramentas e a madeira, e depois disso partiu para a cidade para resolver algumas assuntos rotineiros. 

Ao voltar no fim da tarde, viu que o carpinteiro tinha terminado o serviço. 

Porém, ao se aproximar do riacho, ele ficou furioso. 

Seus olhos pareciam soltar faíscas de tanta raiva, e ele mal conseguia pronunciar uma palavra.
No lugar onde deveria estar a cerca, agora havia uma ponte. 
 
Uma ponte diferente, muito peculiar e especial. 
 
Parecia uma verdadeira obra de arte, com um belo corrimão delicadamente esculpido pelo carpinteiro.  
 
Nesse mesmo tempo, o irmão mais novo apareceu. 
 
Ele correu, cruzando a porte, e abraçou o irmão mais velho, dizendo:- - "Você é muito especial, meu irmão... 

Construir essa ponte, depois de tudo o que te fiz e disse a você!" 

Ao ver os irmãos se abraçando, o carpinteiro silenciosamente recolheu suas ferramentas, colocou-as de volta na caixa e começou a caminhar. 
Um dos irmãos foi atrás dele e disse:-
- "Por favor, fique aqui por mais alguns dias - precisamos consertar mais algumas coisas aqui". 

Então o carpinteiro diz:-
- "Eu gostaria muito de ficar, meu senhores, mas tenho mais pontes para construir e outros consertos para fazer em outros lugares..."

O significado desta história é muito simples:-
- Sempre deixamos a raiva e o ódio afastar pessoas amadas e queridas, e deixar o orgulho passar por cima do amor. 

Não deixe que isso aconteça. 

Aprenda a perdoar, e apreciar e amar verdadeiramente tudo que você tem.

Lembre-se:-
O passado não pode ser mudado, mas o futuro sim. Nenhuma briga ou discussão pode acabar com Bons e Verdadeiros Sentimentos. 
Faça como o carpinteiro da história:-
- Construa uma ponte quando tiver que construí-la, e cruze-a com o coração aberto e um sorriso no rosto.
 

-http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=9578

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário