Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 12 de março de 2017

Desilusão ......


Desilusão

Quantas mulheres sofrem a desilusão de não poder serem mães e realizar o desejo mais concreto e sublime que abrigamos em nosso coração, que é poder formar em nossas entranhas um pedacinho de nós, a continuação de nossa vida, dando oportunidade para que Espíritos se introduzam no mundo terreno pela reencarnação, para evoluírem, e conceber no mundo físico o ser que amamos e queremos junto de nós ?

Quantas mulheres, algumas sem causa aparente, não conseguem engravidar, consultando os mais variados médicos e ouvindo sempre a mesma resposta ?

Quanta dor e amargura sentem essas irmãs, na frustração de não conseguirem realizar o sonho ?

Por que será que isso acontece ?!

Por que  algumas se realizam pela maternidade enquanto outras sofrem o desengano ?

A resposta, meus irmãos, quando não a atemos na vida presente, encontramo-la em outras reencarnações:-
- É a Lei de Causa e Efeito.

Deus é Justo e Sábio, e toda ação provoca uma reação.

Hoje sofremos pelos erros que nós próprios cometemos em outras existências físicas.

É a Lei de Deus, porque, se assim não fosse, Deus cometeria injustiça ao dar a Alegria da maternidadea algumas e negar esta mesma Alegria e Felicidade a outras.

Mas, se Deus achou necessário que passássemos que pudéssemos exercitar o ato de Amor.por esta prova de não realizarmos o sonho de ser mãe, colocou também em nosso caminho oportunidades para

Quantas mães sem filhos, e quantos filhos sem mães !!!

Quantas crianças ansiando por um lar, um colo protetor, uma repreensão de amor, alguém que esteja sempre ao seu lado durante sua trajetória na Terra !

Por que não trazer para nós estas crianças que nos pedem um lar ?

Porque não adotar uma criança, quando o coração anseia por um filho ?

Será que somos tão pequenos que nos tornamos incapazes de transformar nosso coração em útero e receber o filho do amor que transcende, transformando-o pelos laços sagrados da Fratrenidade e do instinto maternal em nosso filho verdadeiro ?

Não sabemos se a criança que chega até nós pedindo um lar, uma família para que se faça o alicerce que a conduzirá na vida terrena,  não foi, em outra existência, alguém muito querido nosso, alguém a quem prejudicamos ou mesmo um filho que matamos pelo aborto e que retorna aos nossos braços através da Caridade que podemos fazer.

Quantos lares vazios e quantas crianças sem lar !

Quantos sonhos acalentados nesses coraçõezinhos abandonados podemos realizar, se abrirmos nosso coração para o Amor ao  Próximo ?

Quanta Felicidade para nós e para os pequenos seres que anseiam por existirem dignamente !

Muitos sentem medo por acreditarem que poderão sofrer com os filhos adotivos, e não querem ter problemas.

Outros, se já sofrem, julgam que se fossem filhos biológicos isto não aconteceria.

Engano, meus irmãos, puro engano.

O sofrimento que porventura acontecer estará apenas seguindo seu curso normal de Resgate e Evolução.

Os compromisso que assumimos com nossos irmãos, mais cedo ou mais tarde serão cobrados, para que a evolução espiritual se processe.

Não se pode evoluir na espiritualidade deixando velhas contas para trás.

Tudo precisa ser reajustado para que nossos inimigos de outrora se transformem em nossos amigos de hoje.

Somente assim estaremos Livres para prosseguirmos na nossa caminhada em direção a Cristo.

Não tenham medo de serem bons, não sintam vergonha de amar, de aconchegar em seus braços os filhos que, por intermédio de outras irmãs, Deus enviou a vocês.

O que realmente temos de nosso, o que nos pertence verdadeiramente são nossos sentimentos.

É a nossa capacidade de nos desprender do "eu" para nos dedicarmos ao "nós".

Necessário se faz levantar a bandeira do bem tão alto para que nenhum mal possa alcançá-la.

Falando de Amor
Irmão Ivo

Livro:- A Vida Depois de Amanhã
Páginas 318 - 319 - 320
Lúmen Editorial
Irmão Ivo
Sônia Tozzi


Nenhum comentário:

Postar um comentário